Quem Teme é Porque Deve:Tropa de Choque de Serra na Assembléia impede investigação dos cartões

Assessoria de Comunicação - Bancada do PT

Mais uma vez a base aliada do governador José Serra no Legislativo paulista bloqueou as tentativas de apuração dos indícios de irregularidades no sistema de cartões de despesas no Estado de São Paulo e cobrar a falta de transparência dos dados.

Na semana passada, no dia 14/02, os deputados Enio Tatto, líder das minorias e Mário Reali, ambos integrantes da Comissão de Finanças e Orçamento na Assembléia, protocolaram na Comissão requerimento de convocação do secretário da Fazenda do Estado, Mauro Ricardo Machado Costa.

Nesta terça- feira, 19/02, um deputado do PPS , pediu vistas ao requerimento numa ação regimental que posterga a votação de requerimento de convocação do secretário.

Os deputados petistas pretendiam indagar o secretário sobre os “mecanismos e utilização do cartão de pagamento de despesas” usado por 42 mil funcionários públicos do Estado. Os gastos dos funcionários com cartões chegaram em 2007 a R$ 108 milhões, sendo 44,6% desse valor sacado em dinheiro.

As denúncias de irregularidades levaram o governo Serra suspender em 12/02, suspender os saques com cartões. Na ocasião o governador defendeu a suspensão para realizar um balanço sobre o assunto. Dois dias depois, a secretaria da Fazenda disponibilizou os dados no Site da secretaria.

A Bancada do PT denunciou a continuidade na omissão de informações e apontou a falta o CNPJ das empresas fornecedoras do Estado e a descrição do produto adquirido, dados estes disponíveis no Site Transparência do governo federal.

Para o líder das minorias Enio Tatto, a manobra do governo Serra na Comissão é mais um mecanismo de bloquear as investigações. “Os governistas querem ocultar a falta de controle dos cartões no Estado de São Paulo que consumiram R$ 108 milhões dos recursos da sociedade paulista.”

O deputado Mário Reali afirmou que “é um absurdo o que o PSDB faz, até impedir a convocação do secretário de Fazenda pela Comissão de Finanças para esclarecer os gastos e que PT vai continuar insistindo na CPI para que todos os fatos apurados”.


Fonte:PTAlesp

AddThis Social Bookmark Button

3 comentários

  • assessoria PT  
    20/2/08 6:46 PM

    Caro companheiro Guina o PT de Novo Horizonte mudou o endereço do Blog.
    http://ptnovohorizontesp13.blogspot.com
    obrigado

  • Anônimo  
    21/2/08 12:58 PM

    Os do Serra estão na INTERNET !!


    Os do ALOPRADO, ESTÃO SENDO RETIRADOS DA INTERNET...O POUCO QUE ESTAVA PUBLICADO...

    QUE MORAL TEM LULLA PRA FALAR DO SERRA...


    FAÇA O MESMO, COLOQUE NA INTERNET...


    DE QUE LULLA TEM MEDO ?

  • Jussara Seixas  
    21/2/08 4:58 PM

    Líder do governo desafia oposição a instalar CPI em São Paulo
    Em meio às discussões sobre a possibilidade de a base governista abrir mão da presidência ou relatoria da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos em favor da oposição, o líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), fez nesta quinta-feira (21) um desafio à oposição no Congresso Nacional.
    “Faça uma CPI em São Paulo e nós aceitamos que o presidente e o relator sejam indicados pelos partidos que sustentam o govenador José Serra”, afirmou Fontana.
    O líder se referiu à divulgação de supostas irregularidades no uso de cartões corporativos no estado de São Paulo, governado pelo PSDB. Deputados do PT em São Paulo defenderam a abertura de uma CPI na Assembléia Legislativa do estado.
    http://www.pt.org.br/portalpt/index.php

Postar um comentário