O ESTRANHO COMPORTAMENTO DE LUCIANO HUCK

Por Jussara Seixas - Por Um Novo Brasil



Li nos jornais a notícia de que a polícia havia prendido os supostos ladrões do Rolex do Luciano Huck. Depois li que o Luciano Huck veio a SP fazer o reconhecimento dos meliantes e que não os reconheceu.




Tudo muito natural, procedimento normal, se não fosse um detalhe: o Luciano Huck não fez o BO na delegacia denunciando o roubo de seu Rolex. O Boletim de Ocorrência é o instrumento que documenta ou materializa um fato que pode ter conseqüência jurídica e, sobretudo a "delatio criminis" para verificação da procedência das informações noticiadas.

Quando fazemos um BO, estamos formalizando a queixa, estamos autorizando a polícia a que faça a investigação. No BO constam todos os dados do ocorrido, inclusive a descrição física dos meliantes. Isso facilita o trabalho investigativo da policia e a prisão dos ladrões. A policia não vai perder tempo em investigar e prender um indivíduo alto e magro se a vítima relatou que ele era baixo e gordo.

Alegando falta de tempo, o Luciano Huck não fez o BO. Decidiu gastar o seu tempo escrevendo um artigo para a Folha de São Paulo em que conta o ocorrido. Convenhamos que é muito mais chic, afinal ele é uma estrela Global.

Se não houve queixa formal aos órgãos competentes, no caso a polícia, se não houve BO, oficialmente não houve delito e esse roubo não vai entrar nas estatísticas da violência em SP. Outra informação importante que Luciano Huck deixou de passar ao não fazer o BO: o relógio Rolex tem uma numeração de série gravada na caixa, na parte traseira, que consta na nota fiscal, consta na garantia.

Isso ajudaria muito, caso a polícia prenda algum ladrão de Rolex portando o relógio. Mas o Luciano Huck preferiu chamar o capitão Nascimento, personagem do filme Tropa de Elite, ao invés de acionar a polícia do mundo real e prestar todos os esclarecimentos e informações necessários para a prisão dos meliantes. Os ladrões estavam de moto e ele poderia ter anotado a placa, ou o modelo da moto.

Afinal, o que pretendia Luciano Huck com essa atitude de não fazer o BO e escrever um texto na FSP para se indignar com a insegurança de SP? Criticar o presidente Lula, sendo que a segurança em SP é de competência do governo estadual, ou seja, do Serra?

O seu programa na Globo, Caldeirão do Huck, está com IBOPE baixo e ele está precisando aparecer mais na mídia para ver se o IBOPE sobe? Estranho, no mínimo curioso.

AddThis Social Bookmark Button

1 comentários

  • Rodrigo Gonçalves  
    28/10/07 4:59 PM

    " Chamem já o Capitão
    Oh Capitão Nascimento
    venha espancar o ladrão
    que me deixou com cara de jumento

    Estava só dando um rolé
    sem meu personal trainner
    Alguém me achou o maió mané
    Ali eu era só David Banner

    Foi aí que virei Incrível Hulk
    Me levaram o suado rolex
    Mas não adiantou ter pulão e muque
    O ladrão era o The Flash

    { Repete refrão
    {

    entrementes, uma voz ao fundo com jeitão malandro : Sentinela da Liberdade! Ah, tem um super-escudo!

    Ralava embaixo do sol
    num programa que não é marrento
    Lá pobre até joga futebol
    Paga mico, eu lhe pago o sustento

    Não como não durmo não vou à missa
    Enquanto não acharem meu rolex
    Vou contratar a Liga da Justiça
    O Justiceiro, um Tiranossauro Rex

    {
    { Repete Refrão


    Solta o pancadão nos favelado:


    Entra em ritmo de "Funk":

    Sou um bam-bam-bam
    da classe A e B
    Vivo às custa dos impostos
    da Classe C e D

    Voz ao fundo:
    Que musicããããooo!!!!! "

Postar um comentário