Repúdio à ditadura da Folha de São Paulo

Circula pela internet um manifesto, aberto à adesão dos interessados, de repúdio ao editorial da Folha de S.Paulo publicado na semana passada. Na ocasião, para desqualificar a vitória de Hugo Chávez num referendo democrático sobre a possibilidade da reeleição, o jornal da Famíglia Frias escancarou toda a sua postura autoritária, de viés fascista, ao insinuar que o governo bolivariano seria pior do que a ditadura militar brasileira que prendeu, matou e torturou milhares de patriotas entre 1964-1984. O asqueroso editorial chega a qualificar a ditadura brasileira de “ditabranda”.

Além do repúdio, a petição também presta solidariedade à professora Maria Victoria Benevides e ao jurista Fabio Konder Comparato, os primeiros a condenarem o editorial na sessão de cartas do jornal, e que foram duramente insultados pela abjeta direção da Folha. “Que infâmia é essa de chamar os anos terríveis da repressão de ‘ditabranda’?”, questionou Benevides. “O autor do vergonhoso editorial e o diretor que o aprovou deveriam ser condenados a ficar de joelhos em praça púbica e pedir perdão ao povo brasileiro, cuja dignidade foi descaradamente enxovalhada”, afirmou Comparato.


AddThis Social Bookmark Button

4 comentários

  • Victor Zacharias  
    24/2/09 10:53 PM

    Agradeço se puder divulgar.
    A petição já está com mais de 2 mil assinaturas de todo o Brasil.

    http://www.ipetitions.com/petition/solidariedadeabenevidesecomparat/index.html

    Victor Zacharias
    http://ongpoint.blogspot.com

  • luzdeluma  
    26/2/09 9:23 PM

    Brasil io io!! Cadê os coronéis?

  • Beto  
    7/4/09 12:20 PM

    Lamentável saber que uma entidade de comunicação tenha esse tipo de pensamento e que ouvi falar que apoiaram a ditadura, imagine então como podem manipular a informação. Vamos boicotar esse jornal, eu jamais comprarei esse jornal novamente.

  • lendoeaprendendo2008  
    14/2/10 8:43 PM

    Quem morreu naquela época,morre novamente. Morre sempre que permitimos que bandidos menosprezem a dor que causaram a cidadãos brasileiros.
    Homens e mulheres torturados e mortos para que pudéssemos ter a liberdade de expressão.
    Morreram porque manifestaram sua opinião(não é o que um jornal sério deveria apoiar??).
    É triste o fato que,apesar de conquistarmos uma democracia,temos que ver,diariamente,a impunidade de torturadores assassinos.

Postar um comentário