Censura Comprova:"Folha de São Paulo" apóia Gabeira no RJ

Análise objetiva das possibilidades de Fernando Gabeira na eleição municipal do Rio de Janeiro foi considerada ofensiva pela "Folha Online"; comentário foi desfavorável ao candidato da "grande" imprensa, e por isto, censurado 5 vezes.


Tentei por 5 vezes publicar o comentário abaixo no site "Folha Online".Não consegui.Fui censurado 5 vezes.

No comentário, fiz uma análise fria das possibilidades (ou melhor, da falta delas) do candidato a prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Fernando Gabeira (PV),no pleito municipal.

A crítica desfavorável ao "novo" direitista, fantoche do PSDB não agradou à moderação de comentários. Prova do apoio da "grande" imprensa nacional à candidatura de FG,já que as Organizações Globo já têm feito campanha para ele, com destaque desproporcional em relação aos outros candidatos e uso dos jornais, rádios e estações de televisão (estão usando até as telenovelas) de forma desfavorável aos outros candidatos.

Eis o comentário quintuplamente censurado na "Folha Online":

"O PSDB embarcou em uma barca furada ao apoiar Fernando Gabeira na eleição para prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Fernando Gabeira, por suas tentativas de legalizar a maconha e a prostituição, conseguirá a proeza de unir contra ele os evangélicos (35% dos cariocas) e a Arquidiocese do Rio de Janeiro, a mais conservadora do Brasil. O seu discurso "ético" será
facilmente desconstruído pela esquerda, que lembrará o potencial eleitorado do "novo" direitista de sua atuação, em conluio com o PSDB, para
livrar "tucanos" enroladíssimos em Comissões Parlamentares de Inquérito no Congresso Nacional.

Qualquer eleitor, consultando "gabeira" +"antero" na
internet, será "soterrado" por informações que colocarão em dúvida o suposto perfil "ético" do deputado.Mesmo com o apoio das Organizações Globo, FG não tem chance de ser eleito Prefeito dos cariocas".

Recomendo também a ótima análise do site do PC do B sobre a vergonhosa "reação" do Observatório da Imprensa na questão da censura ao "Conversa-Afiada".

Ao invés de observar, eles preferiram olhar de lado, fingindo não ver nada. Está republicada em http://desabafopais.blogspot.com/.


Eu reproduzí, no CMI-Brasil, a extensa análise do "Imprensa Marrom" sobre a última tentativa de
"blindagem" de "Veja" a FHC. Desta vez,são as mordomias do incompetente ex-Presidente no Planalto que enlameiam ainda mais a sua biografia.


Enquanto a internet for território livre, a liberdade de expressão não morrerá no Brasil.


Por marcosomag

AddThis Social Bookmark Button

1 comentários

  • Galvão  
    25/3/08 2:02 AM

    Eu rambem fui censurado, mas pelo Luiz Nassif, Mandei o comentario abaixo - sobre artigo do Fernando de Barros da Silva na FSP, publicado no seu blog e foi censurado.
    ------------------
    “Quem não te conhece que te compre”. O “colonista” da FSP ataca a direita raivosa para se credenciar como critico do PT. Sou petista e tenho dezenas de amigo que também o são. Nenhum de nós teve a moral petista abalada, pelo caixa 2 administrada pela direção partidária. É crime; e os responsáveis devem ser punidos pela justiça. Mas estigmatizar todos os petistas e o partido é tentativa de nos descredenciar como atores políticos. O “colonista” Fernando de Barros e Silva exclui dessa direita: o jornal em que trabalha; seus colunistas (a maioria), e repórteres (que fazem qualquer negocio para não perder o emprego), quando todos nós sabemos que a FSP é o principal adversário (na imprensa) do governo Lula, e que tem constantemente desrespeitado os limites da ética e do seu “manual de redação”, na tentativa de desmoralizar o presidente e o PT. A partir de agora o “colonista” da FSP vai colocar seus ataques encomendado pela direita - menos cínica e menos raivosa, na 1ª pagina do seu jornal; e a direita dita cínica e raivosa, vai repercutir e justificar: “se até o Fernando de Barros e Silva diz isso, é por que é bem pior”.

Postar um comentário