Biografia: Dilma x José Serra

*Dilma e José Serra tem suas biografias comparadas em texto que está circulando pela internet. É uma boa comparação sobre ambos. De um lado a biografia de Dilma e do outro a biografia de José Serra:

José Serra tem 68 anos é paulista, filho único de imigrantes italianos, o pai, empresário no ramo de frutas. José Serra foi criado em uma ampla e confortável casa na Mooca, São Paulo.

Dilma Rousseff tem 62 anos, é mineira, filha do imigrante Pedro Rousseff, búlgaro naturalizado brasileiro, e da professora Dilma Jane Silva.

Quando Serra tinha 11 anos, sua família mudou para uma luxuosa casa em São Paulo na Rua Antônio de Gouveia Giudice, no bairro nobre de Alto Pinheiros.
Imóvel não era problema para a rica família Serra, que passava férias no Rio. Um dos espaçosos apartamentos foi cedido para Serra utilizar, exclusivamente, como esconderijo seguro para os grupo terrorista Ação Popular do qual foi um dos fundadores, que pouco tempo depois viriam a praticar atentados, roubar e seqüestrar.

Aluna da escola pública (escola estadual Milton Campos em Minas Gerais), Dilma conseguiu ingressar na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais, e, no início dos anos sessenta, tornou-se uma grande militante do movimento estudantil combatendo a ditadura militar no país.

Serra, por sua vez, neste mesmo período, ajudou a fundar a Ação Popular (grupo radical e adepto da luta armada que explodiu o aeroporto de Gurarapres em 25/07/1966).
Quando presidente da UNE vivia encangado na barra da calça de Jango.


Dilma ingressou em 1967 na faculdade de Ciências Econômicas da UFMG. Tornado-se economista, mestre em teoria econômica pela Unicamp e doutoranda em economia monetária e financeira pela mesma universidade.

Aos 18 anos, Serra ingressou no curso de Engenharia Civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, o qual nunca concluiu. Com o golpe militar de 1964, ele exilou-se na Bolívia, no Uruguai e, em seguida, no Chile, onde fez o “Curso de economia” da Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe), de 1965 a 1966, especializando-se em planejamento industrial. Apenas 2 (dois) anos de curso! Quer dizer, não é um curso superior formal. Depois disso, fez mestrado em Economia pela Universidade do Chile (1968), da qual foi professor entre 1968 e 1973. Em 1974, fez Mestrado e Doutorado em Ciências Econômicas na Universidade Cornell, nos Estados Unidos, sem nunca ter concluído uma faculdade. Como foi possível isso? No Chile e nos EUA não é exigido curso superior para fazer pós-graduação, o que não é permitido aqui no Brasil. Além disso, os cursos de pós-graduação que Serra cursou na Cornell (com que dinheiro não sei, porque são caríssimos) não são “strictu senso“ mas “lato senso“ como os fornecidos pela rede privada aqui no Brasil. Em suma: não valem nada em termos acadêmicos. Serra permaneceu 13 anos longe do Brasil. Autoexilando-se (ou melhor, fugindo) no Chile, junto com FHC ao invés de lutar pelo povo contra a ditadura. Na volta ao Brasil, logo locupletou-se com as elites brasileiras.

Enquanto isso, Dilma estava sendo presa e torturada. Combateu até o fim a ditadura militar no Brasil. Sempre esteve ao lado das forças progressistas e democráticas brasileiras. E ainda é, incansável defensora que se abra os arquivos secretos da ditadura militar. É direito de todo o povo saber o que realmente acontecia nos porões da ditadura.

Em 1978, Serra iniciou a sua carreira política, que este ano completa 32 anos. Teve sua candidatura a deputado impugnada, pois estava com os direitos políticos suspensos devido à explosão do aeroporto de Guararapes. Foi admitido como editorialista do jornal que também apoiou a ditadura (Folha de São Paulo).

Em 1973, Dilma Rousseff retomou o curso de Economia na UFRGS, no Rio Grande do Sul, onde estava preso seu segundo marido, Carlos Araújo, por também combater a ditadura militar. Ingressou, junto com o marido, no PDT e recebeu um cargo de estagiária na Fundação de Economia e Estatística, em 1977.

Em 1983, Serra iniciou, efetivamente, a sua carreira como gestor, assumindo a Secretária de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo, quando fez um péssimo trabalho. Braço direito do governador Montoro, não conseguiu sequer arrumou as finanças do Estado, sucateando ainda mais a Educação e a Saúde.

Em 1986, Serra foi eleito deputado constituinte, e teve um dos piores desempenhos, como pode-se conferir abaixo:


a) votou contra a redução da jornada de trabalho para 40 horas;
b) votou contra garantias ao trabalhador de estabilidade no emprego;
c) votou contra a implantação de Comissão de Fábrica nas indústrias;
d) votou contra o monopólio nacional da distribuição do petróleo;
e) negou seu voto pelo direito de greve;
f) negou seu voto pelo abono de férias de 1/3 do salário;
g) negou seu voto pelo aviso pró prévio porcional;
h) negou seu voto pela estabilidade do dirigente sindical;
i) negou seu voto para garantir 30 dias de aviso prévio;
j) negou seu voto pela garantia do salário mínimo real;
Fonte: DIAP — “Quem foi quem na Constituinte”;pág. 621.


Em 1985, Dilma assumiu a Secretaria Municipal da Fazenda, em Porto Alegre, no governo do pedetista Alceu Collares, que classificou a gestão “como exemplo de competência e transparência”.Dilma saiu da Secretaria da Fazenda de Porto Alegre em 1988, quando se afastou para se dedicar à campanha de Carlos Araújo(um dos fundadores do PDT ao lado de Leonel Brizola) à prefeitura de Porto Alegre.

Serra foi um dos fundadores do PSDB, em 1988. Foi derrotado por Luiz Erundina, (á época do PT), nas eleições para prefeito de São Paulo. Em 1990, foi reeleito deputado federal quando teve novamente péssimo mandato.

Em 1989, Dilma foi nomeada Diretora-Geral da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, saindo de lá para ser presidente da Fundação de Economia e Estatística, no governo de Alceu Collares.

Em 1994, Serra foi um dos grandes apoiadores do Plano de Privatização de Fernando Henrique Cardoso, deixando um rastro de enormes prejuízos para o povo brasileiro:
· 166 empresas privatizadas entre 1990 e 1999;
· 546 mil postos de trabalho extintos diretamente;
· 17,1% dos 3,2 milhões de empregos formais perdidos na década.
(Fontes: Pochmann, Márcio. A década dos mitos. São Paulo, Editora Contexto, 2001. Biondi, Aloysio. O Brasil privatizado. São Paulo, Editora Perseu Abramo, 2001)

Depois foi eleito senador por São Paulo, em seguida, assumiu o Ministério do Planejamento, onde por pura incompetência deixou o país à mercê de um racionamento durante o famoso “apagão” no governo FHC que durou Oito meses.

Em 1995, Dilma Rousseff voltou para a FEE, mas como funcionária, já que o PDT havia perdido a eleição. Ali editou uma revista de indicadores econômica.

Em 1998, José Serra assumiu o Ministério da Saúde. Junto com FHC, zerou o investimento na área de saneamento, o que causou a propagação de várias doenças no país. Além disso, José Serra demitiu seis mil mata-mosquitos contratados para eliminar os focos do Aedes Aegypti. Dos R$ 81 milhões gastos em publicidade do seu ministério em 2001, apenas R$ 3 milhões foram utilizados em campanhas educativas de combate à doença. O resultado desta política criminosa se fez sentir no Rio de Janeiro que, entre janeiro e maio de 2002, registrou 207.521 casos da dengue e a morte de 63 pessoas.

Em 1998, Dilma retornou à Secretaria de Minas e Energia, no governo petista de Olívio Dutra, eleito governador gaúcho.

Em 2002, Serra candidatou-se à Presidência, sendo derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva no segundo turno.

Em 2002, Dilma foi nomeada ministra das Minas e Energia do governo Lula, um ministério que cuida de questões relevantes para o país como o petróleo, o gás, a energia elétrica e as energias renováveis.

Em 2004, Serra elegeu-se Prefeito de São Paulo e prejudicou sua já arranhada imagem ao mentir para o povo de São Paulo quando no debate da Band, diante de Boris Casoy,  afirmou que em caso de não cumprir a promessa, que seus eleitores nunca mais votassem nele. Disse ainda que “embora alguns candidatos adversários gostem de dizer que eu sairei candidato à presidência da República ou ao governo do estado, eu assumo esse compromisso, meu propósito, minha determinação é governar
São Paulo por quatro anos”. Deu sua palavra em rede nacional e depois voltou atrás, mentindo para o povo.

Em junho de 2005, Dilma assumiu o ministério da Casa Civil quando coube a ela tarefa de comandar o principal programa do segundo mandato de Lula, o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Em 2006, Serra elegeu-se Governador de São Paulo (confirmando que mentira mesmo ao povo), cargo que exerceu até o último dia 31 de março de 2010. O governo foi marcado pela tragédia no Metrô e o escândalo no Caso Alstom.
É o candidato natural da oposição à Presidência da República. Oposição esta composta pelo PSDB (partido à qual pertence o chefe do mensalão mineiro, Eduardo Azeredo e Yeda Crusius, governadora do RS, envolvida em um escândalo no Detran daquele estado). Ainda possui aliança com o DEM (partido do mensalão do DF no qual o ex-governador e principal operador do esquema, José Roberto Arruda, iria ser o candiato à vice de José Serra).

De 2006 para cá, Dilma vem ganhando destaque na mídia por sua excelente atuação na Casa Civil e crescendo a cada dia pela sua determinação. É a candidata natural escolhida pelo presidente para dar continuidade ao projeto de crescimento econômico e investimentos sociais do Governo Lula.
........................................................................
*Este currículo comparado não tem autoria conhecida, está circulando pela internet, mas é uma boa comparação entre a biografia de Dilma com a biografia de José Serra. Copie e envie para todos os seus amigos, conhecidos, colegas e parentes. Faça um bem para o Brasil. Faça um bem para as pessoas. Ajude a desmanchar a maior mentira que já inventaram na história deste país: José Serra.

AddThis Social Bookmark Button

28 comentários

  • Danielle  
    30/5/10 11:14 PM

    NÃo sou a favor do Serra, mas esta biografia é extremamente tendenciosa, assim como as comparações. O fato de citar com destaque alguns péssimos ocorridos com o PSDB e DEM, minimizando os do PT, e lançar comentários opinativos como "excelente atuação na Casa Civil e crescendo a cada dia pela sua determinação" demonstra o que digo.
    Este tipo de texto suja inclusive a pessoa defendida. A impressão dos leitores é de que o estão tentando passar para trás.

  • Anônimo  
    15/6/10 7:21 PM

    Tem um comparativo desse igualzinho em favor do Serra, onde ele é o pobrezinho e a Dilma a riquinha. Eu particularmente não acredito em nenhum dos dois.

    Acho pessoalmente ambos uma péssima escolha para a presidência, e não existe terceira via.

    Mas o repúdio ao PSDB ainda está acima de qualquer outro. Se eu tivesse que optar entre votar no Zina (o cara que falou "Ronaldo") e em qualquer candidado do PSDB, votaria no Zina.

  • Ruben Marcus  
    7/7/10 11:55 AM

    a dilma apoiou o sarney, sem mais palavras, nunca votarei nela.
    tambem nunca votarei no Serra.
    só eu sei o que os anos de PSDB fizeram com o Estado de São Paulo..

  • celia  
    4/8/10 11:56 AM

    É sempre assim em tempos de eleições, enquanto vcs estão ai nessa ferrenha discussão que chegará ao final no dia 3 de outubro, nosso país convive com os desmoronamentos nas favelas do Rio, enchentes em Santa Catarina, temporais do Rio Grande do Sul, e pergunto à vcs em quem este povo votará? Fiquem ligados....nosso País de precisa de bons governantes onde eles estão ninguém sabe!!!!!

  • lea  
    4/8/10 4:20 PM

    A UNICAMP já declarou que ela jamais fez curso na em Campinas.
    A biografia diz que em 1967 ela estudou Economia na UFMG, nesta época ela estava no auge de sua agitação de guerrilheira; depois afirma que 1m 1973 ela retoma o Curso de Economia na UFRGS,será que ela tem realmente um curso univertsitário? Com tanto agito: assalto, roubos a bancos e de armas no exército (RJ), sequestros. assassinatos,para mencionar alguns delitos, creio que nao teve tempo nem para houvir o MOBRAL pelo rádio.

  • Anônimo  
    10/8/10 12:52 AM

    o texto está bom. Revela o que a TV não fala do Serra. Mas não revela nada sobre a Dilma. Não adianta somente colocar que fez uma ótima gestão em tal coisa... mas revelar feitos dela, o que ela realmente fez ou teve que enfrentar durante a sua gestão. como por exemplo que quando ela foi secretaria de minas e energia no RS, o estado foi o único no país a não sofrer o problema do apagão. essas coisas as pessoas querem saber.

  • Anônimo  
    3/9/10 10:31 AM

    Um site de respeito deveria postar documentos que contecem a verdade e não comentários irônicos e não condizentes com verdade, esse currículo deveria ter sido criado por uma pessoa impacial e conhecedora dos verdadeiros acontecimentos desse pais! Que pena que a grande maioria da população brasileira se deixe alienar com comentarios tão falhos e tendenciosos!!!
    Ah! Segundo um artigo do O Globo, o curriculo de Dilma foi forjado, ela não tem mestrado e nem doutorado!

  • Anônimo  
    8/9/10 3:00 PM

    A SRA. DILMA PRECISA TER VERGONHA NA CARA !! PRECISA TER COERENCIA NAS SUAS AFIRMAÇÕES E NÃO DEIXAR SE LEVAR PELO POPULISMO DO ATUAL PRESIDENTE PARA SE BENEFICIAR. MOSTRE PORQUE MERECE SER A NOSSA PRESIDENTE DEMONSTRANDO CLARAMENTE O QUE VC COMO PRESIDENTE PODERÁ FAZER PARA O NOSSO BRASIL.....SE É QUE PODE FAZER ALGO.

  • Nanda Clementino  
    13/9/10 9:26 AM

    realmente hein esse texto não está nenhum pouco tendencioso NOT. #FAIL

    Como quer que reflitamos sobre os candidados se esse texto é tão tendencioso qto opinião de mãe sobre a beleza de seus filhos

    Não sou a favor do Serra e tenho minhas duvidas qto a Dilma, pensei que esse texto realmente ia me mostrar a biografia de ambos, a fim de EU definir quem merece meu voto e quem realmente lutou para chegar aonde chegou...

    são por causa de textos assim, que tanto questionamos a veracidade dos fatos. A imparcialidade deveria tomar conta qdo se trata de politica. A verdade deve ser dita mas sem criar mocinhos e bandidos.

    Esse texto infelizmente não condiz com sua chamada no blog "Clique na imagem, compare as biografias e envie o texto por email aos seus contatos!"
    Não dá pra comprar as biografias do modo como foram colocadas...

    uma pena

  • doinferno  
    23/9/10 11:43 AM

    O texto é extremamente tendencioso e digo isso apesar de sempre ter votado na PT e, com certeza votar na Dilma. Para mim, o mais importante são os interesses que os dois candidatos representam. O PT mostrou que dá prá ter prosperidade econômica simultaneamente com justiça social e redistribuição de renda. O país está no caminho certo e a Dilma é certeza de continuidade. Atrás do Serra está o PSDB.
    Acho que o PT deveria ter uma melhor assessoria de imprensa. Alíás, acho que a assessoria política também está deixando a desejar. Gostaria de lembrar também que estarão sendo eleitos todos os governadores, todos os deputados federais (e distritais) todos os deputados estaduais e a maior parte do Senado. E é importante votar num candidato a cargo Legislativo que apoie o seu candidato do cargo Executivo, senão ele vai tentar travar o andamento do governo, como fez o PSDB durante o governo do Lula, para fazer o PT "sangrar".

  • Anônimo  
    24/9/10 9:47 PM

    Eu so sei q durante esses 16 anos de PSDB pagamos o pedágio mais caros do mumdo,a passagem de onibus e metrô mais caras,as mulheres são obrigadas a entrar em metro lotado no orario de pico pq não tem vagões so para mulheres,sem contar o descaso com a educação,a cracolandia q eles nunca conseguem acabar e o principal: as privatizações eles venderam tudo e está na lista do serra 18 estatais a serem privatizadas incluindo sabesp e metrô

  • Marcio  
    1/10/10 12:37 PM

    hahahaha
    simplesmente ridículo
    mais ridículo que isso, só eu mesmo pra ler até o final

    VOTO PLINÍO

  • Roger  
    1/10/10 9:09 PM

    Eu sei de uma coisa, no Serra não dá!
    Só vou voltar na Dilma porque adimiro e muito o Lula e ainda confio nele, e espero que continue o que ele tem feito por nós estou e muito satisfeito com o governo do fiho do Brasil......

  • Anônimo  
    2/10/10 7:21 PM

    crimes crimes, puro bla bla bla,
    de uma coisa não tenho duvida a dilma foi mais macho que o serra no confronto a ditadura. ele presidente de une pegou e fugiu, enquanto a dilma enfrentou. nao existe crime, a lei da anistia apagou tudo isso, inclusive os crimes de tortura...
    e que também o serra na constituinte se opos a todas as garantias isto também é fato. o serra representa a burguesia

  • Anônimo  
    5/10/10 1:02 PM

    dilma, vença por vc, não fique na sombra do lula. por favor... é ridículo para você se sentir uma verdadeira tartaruga em cima do poste. Você é ou não capaz?

  • Anônimo  
    5/10/10 2:15 PM

    POIS É, CONCORDO COM ALGUNS ELEITORES QUE DIZEM...NÃO ACREDITO EM NENHUM DOS DOIS...É LÓGICO Q VÃO FALAR MAL DO SERRA, O PROPRIO NOME DO SITE JÁ DIZ: COLUNA PETISTA, É DO PT NO QUAL DILMA É FILIADA AO PARTIDO...É LÓGICO QUE VÃO PUXAR A SARDINHA PRO LADO DA DILMA...É USSO

  • Anônimo  
    5/10/10 5:41 PM

    Sra; Dilma và em frente! e seja presidente, não ligue para as pessoa que não querem que o BRASIL continue crescendo! Um Abraço Marcos de SC.

  • Anônimo  
    6/10/10 4:08 PM

    GENTE QUEM VAI GOVERNAR É A DILMA E NÃO O LULA!!!

  • Anônimo  
    8/10/10 9:27 AM

    POIS E PESSOAL ACHO QUE DEVERIAMOS ABRIR OS PORÕES DA DITADURA NO CHILE E VER O QUANTO JOSÉ SERRA CONTRIBUIU LÁ PARA O FORTALECIMENTO DO REGIME. ALGUNS JORNALISTAS DA ÉPOCA DIZEM QUE SERRA FOI ENVIADO PELA DITADURA AQUI PARA AJUDAR PINOCHET E CIA A IMPLANTAREM O REGIME LÁ DA MESMA FORMA QUE AQUI, COM A DESCULPA É CLARO DE EXÍLIO A FINAL É COMUM FUGIR DE UMA DITADURA PARA OUTRA? MAS O BRASIL É UM PAÍS DE INTELIGENTES QUE DIZEM FULANDO ESTA COM SARNEY, COLLOR ETC, MAS ESSES MESMOS INTELIGENTES ESQUECEM QUE É O POVO QUE OS COLOCAM LÁ, E POR ISSO QUALQUER UM É OBRIGADO A GOVERNAR COM ELES POR BEM DO BRASIL.

  • Anônimo  
    8/10/10 11:38 AM

    pra mim, não existe pessoas corretas par governar este país. todos que la entram sempre fazem alguma burrada. politica é uma porcaria.

  • Anônimo  
    11/10/10 12:02 PM

    Ainda bem que existe um lugar que expõe outros pontos de vista, independente do que dizem outros meios de comunicação.

  • Anônimo  
    12/10/10 11:00 PM

    Independentemente do Serra somente ter o ensino médio completo e ser tecnólogo, e não economista, o fato é que no SEGUNDO TURNO VAI LEVAR UMA SURRA NAS URNAS.

  • Anônimo  
    14/10/10 3:22 PM

    Acho que no momento o melhor é a Dilma ,pois precisamos ver o projeto Lula até o final,e ninguem melhor do que a chefe da casa civil.Acredito que ela não precisa falar de sua copetência pois foi mostrada na época do apagão no Rio Grande do Sul e nas conquistas do nosso país, cada um tem seu tempo,o Serra teve o dele e não aproveitou muito bem.Não percamos mais o nosso tempo com disse e me disse que muitas vezes leva um país a lugar algum, é preciso mergulhar em águas mais profundas para verdadeiramente nos tornarmos um país sério e não atrapalhado como foi por muitos anos.

  • Anônimo  
    18/10/10 4:13 PM

    Votar no PSDB é apoiar estes que acabaram com a educação do estado de SP. SIMPLESMENTE UMA VERGONHA!!! E fazem promessas mirabolantes como construir 5 vezes mais metro do que construíram em SP, a passo de tartaruga.

  • marisa  
    19/10/10 2:09 PM

    Li as duas biografias, tirei minhas conclusões. A Dilma é a melhor para o Brasil.O SERRA VAI SERRAR E FERRAR O PAIS EM MIL PEDAÇOS.

  • Olimpio Sanches  
    21/10/10 10:13 AM

    kkkkkkkk

    Nunca vi tanta mentira junta .

    kkkkkk


    Este blog é uma piada , me divirto muito aqui .

    Continuem amigos , vcs são a nova geração do humorismo .

  • Anônimo  
    22/10/10 10:34 PM

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    como alguem pode acreditar nesse blog? Haha' vcs estão com certeza consultando as fontes erradas... Vão se informar melhor queridos! E se é tão a favor assim do PT, ao invés de ficar atacando o Serra vai ver os erros do teu partido.

  • Naim  
    25/10/10 1:24 PM

    Quero enteder cade o presidente do nosso PAÍS, cabo eleitoral?
    essa situação é ridícula.
    VAI GOVERNAR O PAÍS

Postar um comentário