Lembo e Lula, cada dia mais próximos

Por Marcos Loures

Olha só o que fez um dos principais aliados de Alckmin: o governador Cláudio Lembo convidou Lula para participar, amanhã, no Palácio dos Bandeirantes, da cerimônia de assinatura de convênios na área de reurbanização de favelas.
É a primeira vez desde 2002 que Lula irá a um evento na sede do governo paulista.
Alckmin deve estar feliz da vida com Lembo.
Mais um dos que traíram o nosso amado Geraldo Alckmin, vulgo Geraldo, futuro Gegê. É um absurdo o que esse homem, sem Deus no coração, um traidor da nossa causa faz.Depois de assumir o cargo de Governador, esse vicezinho de segunda categoria resolveu colocar as manguinhas de fora.Em primeiro lugar, veio com aquele papo de "elites brancas", coisa de racista e de preconceituoso estúpido. Eu queria ver a mídia como agiria, essa mídia vendida e vermelha, se ele tivesse dito "proletários negros. Iam cair de pau. Mas teve imbecil que elogiou o que esse tal de Lembo, Limbo ou Lombo, sei lá, disse.Papo de comunista, isso é vergonhoso para a nossa casta impoluta e digna. Essa história cairia bem se fosse dita por um desses petralhas por aí. Ou por um desses puxa-sacos do Presidente Cachaceiro.Tudo bem, a gente fingiu que não ouviu, melhor esquecer, pode ser ataque de arteriosclerose, como teve aquele alagoano, o Teotônio.Poucos dias depois, lá vem de novo esse ser vil batendo de frente com o nosso querido e amado Antonio Carlos "Bondadeza" Magalhães.Aí já estava passando dos limites.Brigar com Padim Tonim é ter muita cara de pau. Coisa que somente o louco do Itamar "Vai piorar" Franco teve a audácia de fazer.Mas o Itamar é doidim de pedra, o Lembo não. Era um homem cordato, ficou um tempão como vice, daqueles vices exemplares.A gente vê um vice como o Alencar, que fica discutindo taxa de juros, essas coisas, e isso dá a impressão de que a qualquer momento vem confusão. Mas esse não, Lembo era o pacato vice. Inexistente vice. Vice ideal...Pois bem, eu até entendo que o Geraldo não tenha respondido a ele quando houve aquelas confusõezinhas com o PCC. Ninguém é de ferro, o pessoal tava lá em Nova Iorque, pedindo provavelmente as bênçãos do padim Bush, ou respirando os ares reconfortantes de New York.Como se sabe, tucano precisa de ares mais civilizados para pensar. O bicho ficou meio aculturado depois do FHC. Paris e New York são fontes de inspiração para o ninho. Assistir a uma peça na Broadway, passear em Manhattam, sentir aquele "cheirinho" de civilização é importante para quem vai ter que comer buchada de bode, comer acarajé, vestir roupa de couro, montar em jumento, ir à festa caipira, etc.Se bem que esse negócio de festa junina os tucanos tiram de letra. Principalmente na hora da quadrilha...Eu entendo, mas o Lembo não. Velho tem cada esquisitice. Podia bem quebrar o galho e assumir a culpa daquelas coisas lá em Sampa. Mas não, o teimoso cismou em procurar quem? O Cachaceiro. Logo ele. É claro que o pilantra cachaceiro propôs ajuda. É muita cara de pau desse tal de Lula.Agora, o decrépito vem com uma dessas...Convidar o pinguço para ir a uma cerimônia no Palácio dos Bandeirantes.Ainda bem que é num negócio ligado a favelas, assunto que o alcoólatra conhece bem.Pelo menos nesse ponto, o velho acertou. Geraldo entende é de gente bonita e bem vestida. Ah se a festa fosse na Daslu, esse velho pilantra ia ter que se ver comigo. Cada macaco no seu galho, ou melhor, cada tucano no seu galho, ou melhor, cada lula no seu galho, ou melhor, cada galho no seu galho, ou galho melhor que galho por último, e eu não quero ser quebra galho, ou que fique tudo em frangalhos...

AddThis Social Bookmark Button

1 comentários

  • DIOGO LEMBO  
    13/10/08 10:59 PM

    voce não entende de politica está sendo ipoclita com suas palavras homem Honesto mesmo é CLAUDIO LEMBO

Postar um comentário