CNI/Ibope: avaliação positiva do governo Lula sobe para 50%

A avaliação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva permanece estável, com tendência de alta, mostrou nesta sexta-feira pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A avaliação ótima ou boa subiu para para 50 por cento, ante 49 por cento em abril. O percentual de eleitores que julgam o governo regular ficou estável, tendo repetido os 33% do levantamento anterior, assim como o de ruim ou péssimo, que repetiu os 16% de respostas (1% dos eleitores não respondeu). O saldo positivo (diferença entre ótimo e bom e as respostas ruim e péssimo) subiu de 33 pontos percentuais para 34.

A pesquisa foi levada a campo entre os dias 28 de junho e 1º de julho, em 140 municípios de todo o país. Foram entrevistados 2.002 eleitores acima de 16 anos. A margem de erro da pesquisa é de 2% para cima ou para baixo, e o grau de confiança é de 95%.




Saiba mais aqui

AddThis Social Bookmark Button

1 comentários

  • Blogueiro  
    10/7/07 12:20 PM

    A verdade é que só um cara muito tapado, ou os órfãos do des-governo tucano, não concordam que Lula tá dando aula, dando um show exemplar de governante responsável e competente, tanto a alguns orfãos, preconceituoso e céticos brasileiros quanto ao mundo.

    Os grande lideres mundiais já perceberam isto, Lula representa a realização de um sonho incompleto para os europeus, atingimos a exata tradução de: um governo do povo, pelo povo e para o povo, Lula é a materialização de ideais milenares, de poucos homens que na história da humanidade após muitas lutas de classes, e sem derramamento de sangue como era antigamente, chegou ao poder igual ao proletário polonês Lech Valessa, os europeus observam nossa história autal assim como quem esta procurando descobrir onde errou. Com certeza torcendo por nós brasileiros.

    Temos um verdadeiro estadista no Brasil que pensa na humanidade, nas gerações futuras, e é aí que reside a diferencia entre um estadista de um político, o segundo só pensa só proximas eleições, enquanto o estadista pensa nas próximas gerações.

    Arrisco até a dizer que Lula mesmo antes de completar seu segundo mandato já é um forte candidato a receber um Prêmio Nobel.

Postar um comentário